quinta-feira, 28 de abril de 2016

Mesmo estando entre categorias que lutam por melhorias salariais e condições de trabalho, policiais militares são os menos favorecidos


SERGIPE


Como em todo o Brasil em Sergipe não poderia ser diferente, policiais militares
tentam de várias formas conseguir valorização na sua carreira, em alguns estados depois de muita 
luta, movimentos, operações padrão ou tolerância zero algumas
melhorias acontecem, porém tomando Sergipe como exemplo podemos notar pelo gráfico a seguir que a medida que vão-se esquecendo pelos bravos guerreiros a necessidade de retomada da luta junto 
vem a corrosão do salário por falta de uma lei que institua-se um piso como também que resolva as situações de promoções  entre outras coisas. 
hoje em Sergipe um soldado da PM passa 
trinta anos trabalhando e tem uma ascensão a graduação de 3º ou na melhor das hipóteses 2º
sargento, com aditivos salariais pouco significativos quando deveria chegar até o posto de oficial.
Como policiais militares não podem em virtude de lei fazer greve e outros tipos de ações reivindicatórias essa categoria se torna uma classe esquecida pelos governos. 



m




Nova campanha de PM`s de Sergipe pede isonomia
 salarial na SSP, o motivo, você vê no
gráfico acima



foto:Amese

2 comentários:

  1. cb galdino pm-se8 de maio de 2016 15:19

    Triste ver que somente quem faz greves e chega ao extremo consegue alguma coisa do estado, um dia esse monstro adormecido acordará

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O mal é esse regulamento disciplinar do exército que vem pra injustiçar e separar os servidores militares das categorias, e esse bando de come dorme só pensa em punir

      Excluir

Os comentários são livres, porém o blog se reserva o direito de excluir ou não (a não ser por força de lei) comentários que contenham palavras de baixo calão ou ofenças a policiais ou ao blog.